IGTI Blog
estrategias e resultados redes sociais

Gestão de redes sociais e estratégia: como potencializar os resultados para sua empresa

Fazer a gestão das redes sociais é, antes de tudo, pensar estrategicamente e de maneira holística sobre como elas podem ser utilizadas para que a empresa alcance seus objetivos de maneira efetiva.

Quando falamos em gestão de campanhas em Facebook e Instagram, muitas vezes nos preocupamos com a operacionalização da plataforma. Claro que é extremamente importante saber fazer um anúncio, identificar os formatos adequados para determinadas campanhas, as melhores cores e a linguagem ideal a ser utilizada, que tipo de posicionamento deve ser escolhido para que o post tenha uma boa performance, entre outros pontos considerados para se atingir um bom resultado com as redes. Mas é fundamental saber que pouco desse conhecimento será realmente efetivo se o analista de redes sociais não tiver a capacidade de pensar, observar e utilizar a plataforma estrategicamente.

Entender que o uso das redes deve ser pensado estrategicamente é, antes de tudo, saber explorar o ambiente virtual como um espaço onde podemos trabalhar o CRM Digital. Ao contrário do CRM “off-line”, ou tradicional Customer Relationship Management (gerenciamento da relação com o cliente), o CRM Digital privilegia o Conteúdo, o Relacionamento e o Monitoramento. Isso porque as empresas e marcas utilizam, ou deveriam utilizar, as plataformas desenvolvendo conteúdo relevante para seus clientes e usuários com o intuito de criar um relacionamento com eles. Esse relacionamento, para ser duradouro e benéfico tanto para marca como para os clientes, deve ser constantemente monitorado e aprimorado.

Além do CRM Digital, agir estrategicamente nas redes sociais é ter a capacidade de entender como essas plataformas podem ser utilizadas de forma a potencializar a empresa no sentido de alcançar os resultados de comunicação, marketing e vendas estimados para um determinado produto, serviço ou marca. É entender como o Facebook ou Instagram podem ser usados como bases de apoio para outras ações de Marketing desenvolvidas, inclusive, no ambiente off-line. E mesmo que a empresa atue apenas no ambiente virtual, é saber que uma rede dá suporte às outras, e que os resultados são melhores quando a marca tem uma presença digital forte de uma forma geral, com um site amigável e conteúdo adequado, um blog atualizado e com presença em outras redes, como LinkedIn e o You Tube, que podem ser fonte de consulta para o usuário que busca informação.

Se as redes sociais são identificadas como ferramentas importantes na criação de uma presença digital, onde é possível construir um relacionamento longo e transparente com o usuário, apresentando a ele produtos e serviços que podem ser de seu interesse, o ponto crucial a se pensar é como utilizar os recursos oferecidos pela plataforma de acordo com os objetivos de marketing e comunicação. Se a empresa tem um novo produto, por exemplo, e nota-se necessário disseminá-lo para o maior número possível de pessoas, ou convidar os usuários a conhecerem melhor esse produto, o social media deve pensar: como posso utilizar Facebook e Instagram para atingir o objetivo traçado pela empresa de forma a obter o melhor resultado?

Por isso, antes de começar a fazer um anúncio ou desenvolver uma campanha, o social media deve elaborar a estratégia. Para isso, ele deve considerar:

  1. O objetivo da campanha: como essa campanha pode fazer com que meu anúncio dê resultados condizentes com o que a empresa precisa no que tange à divulgação desse novo produto.
  2. O público que pode se interessar pelo produto está na plataforma? No Facebook, no Instagram ou nos dois? Que público é esse? Qual a melhor forma de segmentar o público para que os usuários de interesse sejam impactos pela minha comunicação de forma relevante? Estes usuários utilizam mais o desktop ou aparelhos mobile quando acessam suas contas? Lembrando que as informações acerca do público são fornecidas pela própria plataforma e quem deseja dados diferenciados e mais profundos pode acessar diversas ferramentas gratuitas e pagas que informam sobre o perfil de usuários de Facebook e Instagram disponíveis no mercado.
  3. Qual a melhor forma de otimizar a verba disponível para essa campanha?
  4. Como devo comunicar esse novo produto? Que imagem deve ser utilizada para resultados mais efetivos? Qual ou quais formatos, seja vídeo, carrossel, canvas, imagem única, devem ser adotados para que meu público se identifique ainda mais com o que está sendo apresentado? Em termos de conteúdo, que linguagem deve ser utilizada – aquela que se aproxima do meu cliente e que também não foge ao tom usado pela própria empresa ou marca?

Tão importante como estruturar uma campanha estrategicamente, é primordial acompanhar seu desempenho. Enquanto a campanha roda e à medida em que os anúncios vão apresentando sua performance, é preciso monitorá-los. Assim o social media consegue interpretar, analisar e ajustar o que for necessário para atingir os usuários de maneira assertiva.

Analisar como as redes de encaixam no negócio da empresa, de maneira macro, e também como elas podem ajudar a alavancar no caso de campanhas pontuais e contínuas é o desafio do social media. Se o social media consegue ter uma visão holística do processo que envolve estratégia e operação correta da plataforma, a chance de que os resultados sejam positivos são ainda maiores. Por isso, ao trabalhar com Facebook e Instagram, treine o olhar para estar alinhado sempre com seu público, a mensagem que quer passar e, principalmente, o objetivo que quer atingir.

Professora autora: Rebecca Ferrari